Biografia: Eren Yeager

◽Idade: 15 
◽Nascimento: 30 De março 
◽Sexo: Masculino 
◽Estado: Vivo
 
◽Mikasa Ackerman  
◽Armin Arlet 

Grupo: 104° Esquadrão de Recrutas, Tropa de Exploração e Esquadrão de Operações Especiais 
◽Sr. Yeager (avô) 
◽Sra. Yeager (avó) 
◽Grisha Yeager (pai, morto) 
◽Carla Yeager (mãe, morta) 
◽Faye Yeager (tia, morta) 
◽Zeke Yeager (meio-irmão)
◽Mikasa Ackerman (irmã adotiva) 
Eren Yeager é um membro da Tropa de Exploração e o principal protagonista de Shingeki no Kyojin. Ele é o filho de Grisha e Carla Yeager e tendo sua irmã adotiva Mikasa Ackerman. Ele nasceu e foi criado no Distrito de Shiganshina, localizado no extremo sul da Muralha de Maria até o ano de 845, quando os Titãs Colossal e Encouraçado violaram a Muralha, permitindo que um fluxo de Titâs invadissem e destruíssem a cidade. Durante o incidente, Eren testemunhou impotente sua mãe ser assassinada e comida pelo Titã Sorridente(Dina). Este evento despertou em Eren um ódio intenso contra os Titãs, assim jurando para ele mesmo que iria exterminar todos titãs da face da terra. Dois anos mais tarde, ele, juntamente com Mikasa e seu melhor amigo Armin Arlert juntaram-se a Tropa de Treinamento 104 °. Os três se formaram com sucesso, com a classificação Eren como o 5° melhor soldado, e eles se juntaram a Tropa de Exploração após a Batalha do Distrito Trost .

Arco Queda de ShiganshinaNo ano de 845, Eren vive com sua irmã adotiva Mikasa, sua mãe Carla e seu pai Grisha no Distrito de Shiganshina. Depois de acordar de um pesadelo interrompido por Mikasa, eles passeiam pela cidade e Eren expressa raiva em ser mantido como gado dentro de uma gaiola e revela suas intenções em aderir-se a Tropa de Exploração. Mikasa repreende-o, não levando suas palavras a sério, e mais tarde revela que a seus pais a intenção de Eren. Eren repreende Mikasa por ter revelado aquilo, mas Carla fica assustada, chocada e irritada dizendo que a Tropa de Exploração tem uma alta taxa de mortalidade, e que ela não vai deixá-lo entrar. Ela lhe pergunta por que ele quer fazer isso e ele diz que ele quer visitar o mundo exterior um dia e está cansado de viver dentro das paredes como gado. Ela implora para que seu marido Grisha fale algo com algum sentido para seu filho, mas Grisha diz que nada pode superar a curiosidade de um ser humano. Grisha diz que ele vai deixa-los por alguns dias em uma viagem e que, quando ele voltar, ele vai mostrar a Eren o que ele tem escondido no porão. Encantado, Eren , sua mãe e Mikasa acenam para ele. Carla lembra-lhe que ela não vai permitir que ele se junte a Tropa de Exploração, e eles trocam um argumento aquecido mas de curta duração antes dele correr de casa. Carla se vira para Mikasa e implora para que ela cuide dele. Eren, tentando assustar os agressores de seu amigo Armin Arlert, inicialmente acredita que os que amedrontou-os foi ve-lo chegando, quando na verdade era devido a Mikasa. Ele oferece a mão para Armin, mas Armin rejeita, expressando descontentamento com suas habilidades de proteger a si mesmo e admite que ele é fraco. Os três passeiam por Shiganshina e se estabelecem na margem do rio, onde Eren revela suas intenções em aderir a Tropa de Exploração para Armin. Armin pergunta o que seus pais disseram sobre isso, e Eren responde que nada bem. Armin então contempla que realmente acredita que permanecer nas paredes não irá protegê-los para sempre, e que elas poderiam ser violadas a qualquer momento.


De repente, um raio cai e o chão treme. Os civis se reúnem em torno do centro da cidade e olham para cima com espanto ao ver uma mão gigante. Eren com Armin e Mikasa chegam no centro da cidade e todos eles se embasbacam com horror à vista. O enorme Titã chuta a muralha e faz um buraco na Muralha Maria, enviando detritos em toda a cidade. 
Isso faz Eren e Mikasa procurarem por toda a cidade em pânico tentando encontrar sua própria casa. Eren repete para si mesmo que sua casa vai estar lá como sempre tem sido, e quando chega nela, sua mãe está presa sob os escombros e está impotente para fugir. Ela diz que os escombros esmagaram suas pernas e ela não pode se mover, mas Eren retruca de volta que ele vai levá-la, em seguida, ela grita com ele, dizendo que ele nunca escuta ela. Um titã se aproxima da casa, visando Carla. Um membro das tropas estacionárias, Hannes, chega no tempo certo, e Carla implora que ele leve as crianças e corra. Querendo retribuir o Dr. Yeager por tudo que ele fez ao ajudar a aldeia, Hannes tenta matar o Titã e salvar Carla, mas a altura enorme e aparência assustadora do Titã o obriga a levar Eren e Mikasa e deixar Carla para trás. Quando Hannes carrega os dois em seus ombros e corre para o outro lado, Carla pede para os seus filhos para sobreviverem e silenciosamente chora por seu retorno, no entanto, é tarde demais.  Eren testemunha o titã levantar sua mãe, esmaga-la, e come-la viva.


Quando a evacuação de Shiganshina está em andamento, Eren, Mikasa e Hannes chegam em um beco e Eren começa a atacar Hannes, chorando e perguntando por que ele não salvou sua mãe. Hannes diz que a razão de que Eren não poderia salvá-la era porque mesmo que ele tivesse a coragem, ele não tinha a força, e ele mesmo não tinha a coragem, embora ele tivesse a força.

Hannes deixa Eren e Mikasa no barco e deixam a cidade infestada de Titãs. Lá, Eren e Mikasa testemunha o Titã Encouraçado destruir o portão de trás de Shiganshina. Eren, Armin e Mikasa são forçados a sair do barco quando Eren percebe que ele nunca poderia voltar para casa, e jura matar todos os Titãs.

Eren não tinha as memórias sobre o que aconteceu depois que ele entrou na capela Reiss: quando ficou seguro, Grisha encontrou seu filho. Eren diz-lhe que sua mãe foi comida. Depois de ouvir isso, Grisha leva Eren a Capela Reiss, onde mata todos os membros da família Reiss, exceto Rod, rouba o Coordenar e é finalmente comido por Eren, dando a Eren o poder de se transformar em Titã e do Coordenar. 

Arco 104º Esquadrão de RecrutasApós a queda da Muralha Maria, Eren, Mikasa e Armin brevemente ficaram em um aterro trabalhando em uma fazenda antes de atingir a idade adequada para se inscrever na milícia. Após estes cinco anos, eles começam seu primeiro dia nas áreas de treinamento e o instrutor Keith Shadis avaliou se todos eles iam se graduar ou virar comida de titã. Eren restaurou sua promessa de matar todos os Titãs, e que da próxima vez, eles serão os únicos que vão ser devorados. Antes do treino, Eren atraiu uma multidão de formandos na hora do jantar e após o interrogatório, descreveu a aparência dos Titãs Colossal e Encouraçado. Ele passou mal ao se lembrar de sua mãe ser comida, e assim Marco sugeriu que não perguntassem a Eren sobre coisas que ele preferia não trazer de volta. No entanto, Eren atribuiu isso a ânsia de começar seu treinamento e matar todos os Titãs junto da Tropa de Exploração. Jean Kirstein interrompeu Eren e zombou de sua decisão. Eren não admirou o desejo de Jean de se juntar a Polícia Militar simplesmente para viver nas paredes interiores e os dois se prepararam para lutar entre si. O sino sinalizando o fim do jantar quebrou a tensão entre os dois .


No dia seguinte, os estagiários começaram a praticar com o  DMT . Eren absolutamente não conseguiu manter-se firme e teve aulas extra com  Armin e Mikasa. Ele se golpeia durante o jantar,e os outros estagiários zombam de seu desempenho especialmente após a sua promessa de matar todos os Titãs. De volta ao dormitório, Connie e Jean não oferecem quaisquer sugestões a Eren que visita Reiner Braun e Bertolt Hoover para obter ajuda. Embora eles ficaram relutantes no início, depois da troca de histórias do grupo de como eles encontraram pela primeira vez os Titãs, eles deram dicas a Eren e se tornaram amigos.


Eren tenta novamente praticar o DMT e Shadis lhe permite tentar equilibrar-se no Equipamento Vertical uma última vez antes , e se falhasse , seria mandado para os campos. A princípio, Eren pode manter o equilíbrio e seus colegas começaram a torcer, mas com a mesma rapidez, Eren virou de cabeça para baixo. Shadis então o colocou de volta no chão e depois de alguns momentos de contemplação,deu a Eren o equipamento que estava com Thomas Wagner. Eren facilmente mantéva o equilíbrio e Shadis revelou que seu equipamento estava com defeito, impressionando a todos por Eren manter o equilíbrio, mesmo por um tempo, com o equipamento quebrado. Shadis notou mentalmente ao pai de Eren, Grisha Yeager, que seu filho estava finalmente se tornando um soldado.


No ano 850, Eren graduou-se no top 10 do corpo de treinamento 104 °, juntamente com Mikasa, Reiner, Connie, Sasha, Krista, Armin, Ymir, Jean e alguns outros. Após a formatura, ele é designado para limpar os canhões sobre a Muralha de de Rose com Sasha, Connie e alguns outros. Lá eles testemunharam o retorno do Titã Colossal, que não tinha sido visto nos últimos cinco anos, e Eren é forçado a enfrentar o Titã sozinho em combate enquanto seus colegas formandos , ficam olhando aterrorizados.

Arco da Batalha de Trost:
Após a formatura, antes de Eren ser capaz de se candidatar-se formalmente na Tropa de Exploração, o Titã Colossal aparece da mesma forma que fez no dia da queda da Muralha Maria. Eren tenta destruí-lo, mas este desaparece em uma nuvem de fumaça, depois de ter aberto um buraco para a entrada de Titãs. Em resposta a essa crise, os novos recrutas são misturados e divididos em equipes específicas, encarregadas de difundir e defender as diferentes partes da cidade. Eren é agrupado com Armin. Ao ver seus companheiros morrerem, Eren pula para a batalha depois de um Titã comer o seu companheiro, Thomas. Eren teve a perna arrancada devido a um ataque surpresa de um outro Titã, incapacitando-o. O resto de seus companheiros de grupo morrem como resultado (com exceção de Armim). Assim, Armin, prestes a ser comido, é salvo uma última vez por Eren, que consegue puxar seu amigo para fora da boca do Titã Barbudo, efetivamente trocando de lugar com ele. Eren é engolido, o seu braço esquerdo é arrancado com a mordida do monstro. 


Mais tarde é revelado que no estômago do Titã Barbudo, o desespero de Eren em exterminar todos os Titãs desencadeia a sua primeira transformação, estourando o Titã Barbudo e prosseguindo para destruir os que encontrasse em seu caminho.  No processo, ele salva a vida de Mikasa, abatida pelo luto de ter perdido seu irmão adotivo; e é atraído por uma equipe de seus colegas para ajudar a afastar o grupo de Titãs parados ao redor um quartel-general de armazenamento de gás comprimido, utilizado para alimentar o DMT. 


Conforme os Titãs parecem derrotá-lo e o grupo de Mikasa está prestes a intervir, um certo Titã (o mesmo que matou um dos membros da equipe de Eren, Thomas) aparece, e a fúria de Eren faz-o focar-se em destruir esse Titã. Assim que o massacre é finalizado, Eren cai no chão e sua forma humana emerge da nuca de sua forma Titã (com ambos os membros perdidos regenerados) para o choque de todos que presenciam tal momento. Eren está recuperado e é resgatado por Mikasa.
Após o seu despertar, Eren parece ter apenas uma tênue lembrança da sua transformação como um Titã e encontra-se encurralado pelos militares, com apenas Mikasa e Armin como o seu apoio. Os militares tem a intenção de matar Eren, vendo ele como um inimigo. Um canhão é disparado e Eren agarra seus dois amigos e morde a própria mão, impedindo que a bola de canhão os atinja a partir de uma materialização incompleta de seu Titã. Eren permite que Armin vá tentar convencê-los para que prove que Eren está do lado dos humanos, até que o Comandante Pixis intervém quando o sucesso não é obtido.


Um plano, então, é feito para que Eren use sua forma de Titã para carregar uma enorme pedra arrendondada para tapar a fenda do portão externo. Eren é colocado em uma equipe que inclui Mikasa para defendê-lo enquanto ele carrega a pedra. Entretanto, após a sua transformação para executar o plano, ele ataca Mikasa, que tenta se comunicar com ele para acalmá-lo, sem sucesso. Eren acaba ferindo a si mesmo e seu corpo não consegue se regenerar, a missão é declarada um fracasso. Apesar disso, o líder do grupo, tenta convencer Mikasa que decide que eles devem ficar e proteger Eren mesmo assim. Armin chega a tempo e convence Mikasa para ir ajudar a afastar os Titãs, enquanto ele tenta ajudar Eren. Finalmente, com a ajuda de Armin, Eren é capaz de se erguer e mover a pedra, tapando a fenda da muralha com sucesso apesar do sacrifício do resto dos membros da equipe (com excepção do cabo Rico Brzenska, Armin e Mikasa). Eles são salvos de uma situação desesperadora de um Titã indo em direção deles, após a transformação de Eren de volta para a forma humana, por Levi. Eren acorda de novo, desta vez em uma cela de prisão, em uma espécide de calabouço, acorrentado. Levi estava lá e, ao ouvir o seu motivo para matar Titãs, diz que o aceita na Tropa de Exploração. Eren é deixado lá por um tempo antes de ser escoltado pelos membros da Tropa de Exploração para a sala do tribunal, onde é julgado por pela Polícia Militar e seu pedido de execução, e do lado oposto, a Tropa de Exploração, argumentando ser capaz de usar seu poder como vantagem em suas missões. Após o enfurecimento de Eren para com a os clérigos e membros da burguesia em discussão na corte, Levi o espanca, e fica decidido que o seu destino será decidido depois de uma missão de "teste" com a Tropa de Exploração

Arco Titã FêmeaEren, juntamente com alguns de seus antigos colegas que também aderiram à Tropa de Exploração, foram treinar por um mês, aprendendo a Formação de Comunicação de Longa Distância, antes de ter de sair para além das paredes da Muralha Rose às ruínas na região uma vez protegida pela Muralha Maria. Eren, juntamente com a maioria do grupo, não é informado sobre o objetivo da operação, mas que deve apenas seguir as ordens. Eventualmente, um titã "inteligente", conhecido como o "Titã Fêmea" para a equipe de Eren e persegue-os em direção a uma enorme floresta. Após uma maior aproximação do Titã e a morte de alguns companheiros de trás da formação enquanto Eren e sua equipe decidem continuar correndo, Eren é percebe-se tentado a usar seu poder Titã e salvar seus companheiros e lutar contra o Titã Fêmea. Levi permite essa escolha, mas Eren decide confiar em sua equipe, sacrificando o último membro remanescente da retaguarda.


O Titã Fêmea, suspeito de ser o mesmo que Eren, ou seja, apenas um "ser humano em pele de titã", quase captura Eren antes de ser ela mesma emboscada e capturada. Eren e o resto de sua equipe, excluindo Levi, dirigem-se para fora da floresta, na crença de que a titã foi capturada e sua forma humana, revelada. Isso não acontece e a forma humana não identificada do Titã Fêmea mata um dos membros da equipe antes de voltar a se transformar em titã. Os três membros da equipe restantes dizem para Eren continuar correndo à frente enquanto eles tentam matar o Titã Fêmea. Eren insiste em ficar e lutar com eles, mas, novamente, é convencido do contrário e se retira.Os três são imediatamente abatidos e Eren, tomado pelo arrependimento, se transforma em Titã e encontra o Titã Fêmea a gostosa que todo homem quer ter..Ele acaba por perder a luta e ser capturado pelo Titã Fêmea. Mikasa chega ao local a tempo de observar isso e persegue o Titã Fêmea para recuperá-lo, seguida por Levi. Os dois se unem para recuperar Eren, deixando o Titã Fêmea vivo enquanto eles partem de volta para a Muralha Rose. A missão falha e muitos soldados são mortos.


 Eren fica chocado quando percebe que Annie Leonhart sorri da mesma forma que a Titã Fêmea, assim o fez quando ela desencapa Armin. Eren mais tarde percebe que Annie é o Titã Fêmea. Quando ele tenta transformar-se novamente, ele não o pode fazer por causa do choque e da confusão em sua mente. Voltando à sala de reuniões, Eren pede desculpas a Levi por desobedecer suas ordens e lutar contra o Titã Fêmea. Se ele não o tivesse feito, não teria chegado na situação que estava. Quando Mikasa e Armin prepararam-se para enfrentar Annie por si só, Eren finalmente supera seu choque e transforma-se em sua forma titã, ajudando a capturá-la.

Arco Batalha de Titãs: Quando a Muralha Rose tem seu portão supostamente destruído, Eren encontra-se em uma das equipes na área. Ele dirige-se ao Castelo Utgardsob a liderança da líder de esquadrão Hanji Zoe, a fim de usá-lo como construção de vigilância. Eren e o resto da equipe chegam a tempo de salvar Reiner e os outros, Eren mata um tipo de 7m e comemora sua primeira vitória como um membro da Tropa de Exploração.  Em seu caminho de volta para casa, Reiner começa a agir estranho em torno de Eren, que começa a entrar em pânico. É então que Mikasa percebe quem Reiner e Bertholdt realmente são e passa a tentar matá-los. Bertholdt se transforma-se no titã colossal, o Reiner transforma-se no Titã Encouraçado.


Eren é capturado por Reiner em sua forma de titã, Eren chama Reiner "Traidor" e se transforma. Ele e Reiner, então, começam a lutar. Num primeiro momento, Reiner tem a vantagem, mas Eren, usando suas habilidades marciais, foi capaz de prender Reiner e tenta arrancar o pescoço dele. Berthold usa o corpo de seu Titã Colossal para acertar ambos os Titãs. No meio do caos Eren é seqüestrado.  Eren e Ymir são levados para a floresta de árvores gigantes por Reiner e Berthold. Ele tenta se transformar em Titã novamente, apesar de ter perdido os braços, mas Ymir sabiamente diz para ele não o fazer, já que ela também está no processo de regeneração de ambos os braços. Enquanto ela questiona Reiner e Berthold sobre o Titã Macaco que eles perseguem, Eren recupera-se em silêncio enquanto Reiner revela que a Humanidade não tem esperança na luta contra os Titãs. Ele e Berthold oferecem a Eren e Ymir a chance de se juntar a eles, a fim de proteger seus entes queridos. Enquanto ela considera se juntar a eles, Eren furiosamente recusa e acusa ambos Reiner e Berthold de causar-lhe tanta dor. Ele confiou neles e eles o traem ao destruirem sua cidade natal e, de certa forma, matarem sua mãe. Quando ele descobre que Ymir está pensando em se unir a Reiner e Berhold, Eren tenta, em vão, convencê-la de recusar.



Eren foi descrito como teimoso e impulsivo, que são os dois atributos de sua forte determinação para proteger a humanidade e deixar as paredes. Eren está tão decidido á entrar para o Grupo de Exploração que discute com sua mãe. Ele ganhou o desejo de matar e destruir todos os titãs depois de testemunhar a morte de sua mãe.  Ele é determinado para proteger qualquer humano e isso não mudará nunca. Ele também tem seu lado debochado com seus colegas.
Originalmente, a única característica notável do Eren era sua força física natural. Como ele cresceu e se juntou ao esquadrão 104, ele treinou extensivamente em combate corpo-a-corpo, marcando as melhores notas nesta classe, sendo apenas a segunda Mikasa e Annie. Após o treinamento adicional com Reiner e Annie, a proeza de Eren e de habilidades diversificadas, incluindo o uso de socos, joga, luta e fechaduras de submissão. 


Enquanto luta corpo-a-corpo que parece inútil, devido às enormes diferenças físicas entre os seres humanos e Titãs, essas habilidades deu Eren uma poderosa vantagem quando lutando contra outros Titãs em sua própria forma Titan.  ͞

FRASE: "Eu vou matar todos! Vou varrer cada um deles ... da face da terra! ͟— A promessa de Eren de matar todos os titãs "

Nenhum comentário:

Postar um comentário